Tempo quente
Tempo quente

O Brasil tinha tudo pra ser uma potência ambiental, mas tá ficando cada vez mais pra trás. A ciência alerta há décadas sobre a emergência climática, mas ninguém faz nada pra mudar. Tá todo mundo perdendo nessa história – e isso a gente sabe. Agora: quem é que tá ganhando?

Esse é o Tempo Quente, um podcast original da Rádio Novelo.

1. Alerta vermelho

Como um combustível jurado de morte no mundo todo ainda ganha incentivo no Brasil.

1. Alerta vermelho

Como um combustível jurado de morte no mundo todo ainda ganha incentivo no Brasil.

Links citados no episódio:

Mapa dos locais visitados pela equipe na Região Carbonífera de Santa Catarina

Detalhamento do “Programa para Uso Sustentável do Carvão Mineral Nacional”

Bolsonaro sanciona projeto que obriga contratação de térmicas a carvão até 2040

Íntegra da Lei nº 14.299, de 5 de janeiro de 2022 sobre a compra de energia a carvão

Capivari de Baixo é o maior emissor de carbono do Brasil por área, segundo o Sistema de Estimativas de Emissões e Remoções de Gases de Efeito Estufa (SEEG)

Reportagem sobre o acidente na mina em Urussanga em 1984, com depoimento de sobrevivente

Trabalho acadêmico da UNESC sobre os acidentes nas minas de carvão da região carbonífera de SC (1980-2000). Autor: Giovani Felipe

GALERIA 1/10

 

Chaminés do Complexo Termelétrico Jorge Lacerda, em Capivari de Baixo (SC).
[Foto ©Giovana Girardi]

Fachada do Sintresc (Sindicato dos Trabalhadores da Indústria de Energia Elétrica do Sul de Santa Catarina), em Capivari de Baixo.
[Foto ©Giovana Girardi]

Monumento na praça Nereu Ramos, em Criciúma (SC), em homenagem aos mineiros do carvão.
[Foto ©Giovana Girardi]

Poster do time do Criciúma, também conhecido como Tigre, que foi campeão catarinense de 2005, na Associação Beneficente da Indústria Carbonífera de Santa Catarina (Satc), em Criciúma. O time é patrocinado pela indústria do carvão.
[Foto ©Giovana Girardi]

Entrada da Mina Mel, na cidade de Treviso (SC).
[Foto ©Giovana Girardi]

Giovana Girardi (esquerda) e a técnica de som, Juliana, na saída da carbonífera, em Treviso (SC).
[Foto ©Lucas Jorge]

Santa Bárbara, protetora dos mineiros, tem um altar dentro da Mina Mel, em Treviso (SC).
[Foto ©Giovana Girardi]

Antigo local onde era lavado o carvão, no entorno da mina Santana, em Urussanga (SC).
[Foto ©Giovana Girardi]

Antigo depósito de carvão, em Urussanga (SC), no entorno da mina Santana, onde, em 1984, uma explosão causada por acúmulo de gás metano matou 31 mineiros.
[Foto ©Giovana Girardi]

2. O agro é punk

Um case extraordinário de reposicionamento de marca.

2. O agro é punk

Um case extraordinário de reposicionamento de marca.

Links citados no episódio:

“Análise da desigualdade de terras no Brasil” , Imaflora com base no Atlas da Agropecuária Brasileira

“Uma Breve História da Legislação Florestal Brasileira”, Raoni Rajão

"Merchants of Doubt", Naomi Oreskes e Erik M. Conway

Estimativa de emissões de gases de efeito estufa no Brasil

Site do MapBiomas

“Fatos Florestais”: caem mitos que opõem produção à conservação no Brasil

"Spread the truth": Observatório do Clima rebate desinformação compartilhada por Bolsonaro sobre meio ambiente no Brasil

“As maçãs podres do agronegócio brasileiro”, artigo da Revista Science (versão original) (versão traduzida)

“The risk of fake controversies for Brazilian environmental policies”, artigo da revista Biological Conservation

Posicionamento da Embrapa sobre o artigo acima

Parecer do relator deputado federal Aldo Rebelo (PCdoB-SP) ao Projeto de Lei nº 1876/99

GALERIA 1/9

 

A ex-consultora legislativa Suely Araújo acompanha a repórter Giovana Girardi em Brasília. Suely testemunhou de perto o fortalecimento da bancada ruralista no Congresso nos últimos anos.
[Foto ©Cristina Amorim]

Suely conduz Giovana Girardi por uma visita guiada à Câmara dos Deputados, para explicar como o lobby do agronegócio se articula.
[Foto ©Cristina Amorim]

A equipe do podcast acompanhou uma sessão da Comissão do Meio Ambiente, na Câmara.
[Foto ©Giovana Girardi]

Parlamentares reunidos durante uma sessão da Comissão do Meio Ambiente, na Câmara.
[Foto ©Giovana Girardi]

A equipe do podcast chega ao gabinete do deputado federal Rodrigo Agostinho (PSB-SP), que coordenou a Frente Parlamentar Ambientalista na Câmara entre 2019 e 2021.
[Foto ©Cristina Amorim]

Deputado federal Rodrigo Agostinho (PSB-SP): “A gente vê uma tentativa grande de soluções mágicas aqui dentro. Tem sido muito pesado”.
[Foto ©Cristina Amorim]

Deputado federal Sérgio Souza (MDB-PR), líder da Frente Parlamentar da Agropecuária na Câmara.
[Foto ©Divulgação Frente Parlamentar da Agropecuária]

Evaristo de Miranda, ex-chefe da Embrapa Territorial. Vídeo em que ele sugere que o Brasil tem “áreas protegidas demais” viralizou em 2019.
[Foto ©Foro de Agricultura América del Sur (reprodução YouTube) ]

3. No clima do "liberou geral"

O impacto dos lobbies e das forças locais sobre a Amazônia.

3. No clima do "liberou geral"

O impacto dos lobbies e das forças locais sobre a Amazônia.

Links citados no episódio:

Mapa dos locais visitados pela equipe na região de Santarém

"Amazonia as a carbon source linked to deforestation and climate change", estudo de Luciana Gatti publicado na revista Nature

Vídeos mostram paciente de Covid-19 sendo levada em maca por rodovia durante congestionamento de caminhões no Pará (G1)

Contaminação em Alter do Chão: "mancha" turva surge nas águas do Rio Tapajós (Portal Amazônia)

Garimpo e desmatamento sujaram água em Alter do Chão, conclui laudo (Folha de S.Paulo)

Quem é o prefeito de Itaituba ligado ao garimpo e filmado em vídeo com frases machistas em festa (O Globo)

GALERIA 1/8

 

Porto da Cargill em Santarém (PA), por onde é escoada a produção de soja e grãos da região.
[Foto ©Giovana Girardi]

Trecho de estrada que liga a BR-163 ao município de Belterra, cuja área rural é, em sua maioria, tomada por plantações de soja
[Foto ©Giovana Girardi]

Caminhões que levam os grãos pra exportação abastecem em posto no km 30. Na época da safra, postos chegam a atender até 700 carretas por dia.

Lojas de ouro na cidade de Itaituba (PA), também conhecida como cidade pepita.
[Foto ©Giovana Girardi]

Aeroporto de Itaituba, anos 80: A movimentação por causa do garimpo era tão grande que um avião acabou pousando em cima de outro por falta de espaço.
[Foto ©Prefeitura de Itaituba]

Alessandra Munduruku, liderança indígena nascida em Itaituba, fala da ameaça ambiental representada pelos portos de grãos e do medo da ação dos garimpeiros.
[Foto ©Giovana Girardi]

Prefeito de Itaituba, Valmir Climaco, incentiva madeireiros e garimpeiros com discurso baseado no negacionismo.
[Foto ©Giovana Girardi]

4. Amazônia sitiada

Em nome do progresso, o Brasil travou uma luta contra a floresta e ganhou de volta pobreza e criminalidade

4. Amazônia sitiada

Em nome do progresso, o Brasil travou uma luta contra a floresta e ganhou de volta pobreza e criminalidade

Links citados no episódio:

Mapa dos locais visitados pela equipe a partir da Transamazônica

“Este é um país que vai pra frente”, comercial exibido durante o governo militar (YouTube)

Fusca Beetle Anos 70, comercial da Volkswagen (YouTube)

Reportagem da Folha do Progresso denuncia o Dia do Fogo, em 2019

Investigações apontam fazendeiros e empresários de Novo Progresso como organizadores do "Dia do Fogo" (Repórter Brasil)

Área incendiada no "Dia do Fogo" foi transformada em plantação de soja (Repórter Brasil)

"Dono é quem Desmata", livro de Mauricio Torres

Como e por que os “rios voadores” são ligados à florestas nativas, de Antonio Donato Nobre (YouTube)

Desmatamento não é desenvolvimento, de Phillip Fearnside (Amazônia Real)

Websérie “Cadê a floresta que estava aqui? (O gado comeu)”, de Claudio Angelo e Tasso Azevedo no Observatório do Clima (YouTube)

"O Avanço da Fronteira na Amazônia: do boom ao colapso", estudo de Danielle Celentano e Adalberto Veríssimo

A Transamazônica (1970), documentário da Agência Nacional - Arquivo Nacional (Youtube)

Dom Erwin: "Tirar as condições de vida de povos é matar, é contra o mandamento de Deus" (Agência Pública)

"A boiada não tem freio, escrúpulo, vergonha", diz bispo emérito do Xingu (Folha de S.Paulo)

GALERIA 1/9

 

Giovana Girardi, Claudio Angelo, Tasso Azevedo e Carlos de Noronha pegam a Transamazônica em direção a Altamira (PA)
[Foto ©Giovana Girardi]

Na estrada, o grupo passa por vários caminhões carregados com toras de madeira
[Foto ©Giovana Girardi]

Carretas transportam retroescavadeiras pela rodovia Transamazônica
[Foto ©Giovana Girardi]

Ao longo da Transamazônica, é raro ver trechos onde a floresta está preservada dos dois lados da estrada
[Foto ©Giovana Girardi]

Justamente em Medicilândia, onde a Transamazônica volta a ser asfaltada, o pneu do carro do grupo furou
[Foto ©Giovana Girardi]

Medicilândia, cidade que carrega o nome do presidente dos "anos de chumbo", é um oásis de terra fértil cortado pela Transamazônica. Hoje é conhecida como a “capital do cacau”
[Foto ©Giovana Girardi]

Em Medicilândia, um produto nativo - o cacau - se mostrou uma alternativa bem mais rentável e que não depende de derrubar floresta, ao contrário do que acontece com a soja e o pasto
[Foto ©Giovana Girardi]

Giovana Girardi entrevista o bispo Dom Erwin Krautler, referência da luta pelos direitos humanos e em defesa dos indígenas e dos ribeirinhos.
[Foto ©Giovana Girardi]

5. Era uma vez em Brasília

Como o Brasil, sem dar qualquer explicação, ignorou os alertas dos cientistas sobre as mudanças climáticas

5. Era uma vez em Brasília

Como o Brasil, sem dar qualquer explicação, ignorou os alertas dos cientistas sobre as mudanças climáticas

Links citados no episódio:

Apresentação do Brasil 2040 publicada pela SAE em dezembro de 2013

Resumo executivo do Brasil 2040

Coluna do jornalista Marcelo Leite sobre o Brasil 2040 (Folha de S. Paulo, 2015)

Reportagem do jornalista Claudio Angelo com entrevista de Altino Ventura (Agência Envolverde, 2015)

Reportagem do jornalista Claudio Angelo sobre as demissões (Observatório do Clima, 2015)

“Brasil 2040” enfim é divulgado, mas de modo torto e incompleto (Giovana Girardi, Estadão, 2015)

Mudança climática pode reduzir capacidade hidrelétrica em até 20% (Giovana Girardi, Estadão, 2015)

“Não olhe para cima”, trailer oficial do filme (YouTube)

As lições dos eventos climáticos extremos de 2021 no Brasil (Amazônia Real)

Entenda a crise de 2014 no Cantareira (G1)

VÍDEO

 

Equipe

Apresentação e reportagem:

Giovana Girardi

Roteiro:

Paula Scarpin e Giovana Girardi, com o apoio de Bárbara Rubira, Flora Thomson-DeVeaux e Arnaldo Branco

Coordenação:

Ana Magalhães e Bárbara Rubira

Produção:

Bárbara Rubira e Marcelle Darrieux

Consultoria:

Cristina Amorim e Claudio Angelo

Colaboração de desenvolvimento:

Rodrigo Alves

Direção criativa:

Paula Scarpin e Branca Vianna

Direção executiva:

Guilherme Alpendre

Música original:

Arthur Kunz

Edição:

Lucca Mendez

Sonorização:

Paula Scarpin e Júlia Matos

Direção de locução:

Mika Lins

Gravações em estúdio:

Confraria de Sons e Charutos e Estúdio Rastro

Captação de som externa:

Juliana Baratieri

Apoio de produção:

Clara Rellstab

Checagem:

Emerson Kimura

Apoio técnico e mixagem:

Pipoca Sound

Estratégia de promoção e distribuição:

Juliana Jaeger e FêCris Vasconcellos

Redes sociais e relacionamento:

Bia Ribeiro e Eduardo Wolff

Designer gráfico:

Mateus Coutinho

Edição de vídeo:

Thais Fernandes e André Paz

Identidade visual:

Natasha Gompers

Site:

Paula Carvalho e Amanda Gedra

Apoio

Tempo Quente é um podcast original da Rádio Novelo realizado com recursos do Instituto Clima e Sociedade e Samambaia Filantropias.

Instituto Betty & Jacob